Carga Pesada

Cálculo de consumo de combustível: como fazer?

Cálculo de consumo de combustível: como fazer?

O cálculo de consumo de combustível é essencial para saber quanto sua empresa gasta nesse ponto. E quem trabalha com transporte sabe que o combustível é uma das maiores despesas de uma transportadora. Por isso, saber qual é a sua despesa com esse item, permite que você encontre formas de fazer um planejamento financeiro eficiente para reduzir custos.

O combustível é um dos itens que mais pesam no bolso de quem transporta cargas. No Brasil, os valores da gasolina e do diesel são constantemente maiores que o valor definido em outros países. Isso acontece porque, diferentemente do mercado internacional, a Petrobras fixa os preços dos combustíveis de acordo com critério próprio e também do governo, que é controlador da empresa.

O argumento da Petrobras para manter essa política de preços é que, dessa forma, a empresa evita transmitir volatilidade ao consumidor – o preço não sobe e desce o tempo todo. Por esse motivo, o preço do combustível no Brasil não varia de acordo com as oscilações do valor do barril de petróleo no mercado internacional.

Saber como funciona a política de preços de combustível no país é fundamental para você planejar seu consumo e estabelecer o valor do seu frete. Isso porque, com as altas programadas, você pode acompanhar pelo site da Petrobras quando o valor vai aumentar e incluir esse dado no seu planejamento financeiro.

Quais as variáveis para fazer o cálculo de consumo de combustível?


Na hora de fazer o cálculo de consumo de combustível, você precisa considerar alguns pontos. A distância do transporte é a primeira delas. Considere nesse quesito:

1. O deslocamento para buscar a carga;
2. O deslocamento até o destino final;
3. O deslocamento de volta (caso o motorista retorne ao destino de origem sem outro frete).

Outro item que precisa ser levado em consideração é o trajeto. Isso porque o consumo de combustível varia de acordo com as condições das rodovias. Quanto mais esburacada a estrada, mais combustível você vai precisar. Por isso é fundamental planejar a rota de entrega considerando as melhores vias disponíveis naquele trajeto.

Além disso, existem fatores que podem interferir no gasto de combustível e que você precisa estar atento. Olha só:

1. A falta de manutenção no veículo;
2. O erro na calibragem dos pneus;

Outras questões relacionadas ao funcionamento do caminhão.
- cálculo-de-combustível
- Imagem: Reprodução

Tudo isso pode aumentar seu consumo de combustível. A dica aqui é: use sempre veículos que estão com a revisão feita e com tudo em ordem. Assim você economiza combustível e garante a segurança da carga.

Como fazer o cálculo?

Agora que você já conhece as variáveis que precisa levar em conta na hora de calcular o consumo, vamos te ensinar a compor o cálculo. Existem duas formas de fazer essa conta: a manual e a automática.

Cálculo Manual

Essa é a forma mais tradicional de calcular o consumo de combustível. Ela é composta, basicamente, pela divisão do número de quilômetros rodados pela quantidade de litros de combustível gastos. Mas para encontrar o resultado correto é preciso seguir algumas regras:

1. Complete o tanque, anotando a quantidade abastecida (exemplo: 80 litros);
2. Anote a quilometragem no instante do abastecimento (exemplo: 20 mil km);
3. Use o veículo normalmente, até que o tanque volte a se esgotar;

Quando tornar a abastecer, anote a nova quilometragem atual.

Com isso, você descobre o consumo de combustível daquele veículo e consegue colocá-lo no seu planejamento financeiro. Além disso, você também consegue definir a autonomia do veículo, que é a quilometragem que ele consegue rodar sem precisar parar para abastecer.

Cálculo automático

O cálculo manual é muito utilizado por quem tem um veículo. No entanto, para empresas transportadoras, que contam com uma frota (mesmo que pequena), o método manual de cálculo dá muito trabalho e exige muito tempo. Atualmente, com o avanço da tecnologia, já existem formas mais ágeis e eficientes de fazer essa tarefa.

Fazendo o cálculo de consumo de combustível e sabendo exatamente o quanto sua empresa gasta com esse item, você pode pensar em formas de economizar combustível e reduzir suas despesas. Pensando nisso, nós selecionamos algumas dicas que podem ajudar você a fazer mais com menos.

Atente-se à condução do veículo

Esse é o ponto com maior influência sobre o consumo, já que está diretamente relacionado com o esforço exercido pelo motor. Dirigir com paciência e suavidade é a melhor maneira de conseguir boas médias de gasto de combustível.

Esteja em dia com a manutenção do veículo

Outra dica é estar sempre com a manutenção em dia. Para que o motor entregue a melhor eficiência, é fundamental que ele esteja operando em sua melhor condição, sem apresentar desgaste avançado em nenhum dos componentes.

Saiba tudo sobre manutenção preventiva de caminhão. Preste atenção nos pneus:

Os pneus são a única parte do veículo que estabelece contato com o solo, sendo a principal fonte de aderência no movimento. Pneus murchos expandem sua superfície de contato, aumentando o atrito e a força necessária ao deslocamento.

Cuidado com o uso do ar condicionado

Nossa última dica está relacionada ao uso do ar-condicionado. Isso porque, com essa funcionalidade ligada, o veículo pode acabar gastando até 20% a mais de combustível do que o necessário para o mesmo deslocamento caso o ar-condicionado esteja desligado. Para economizar, instrua seus motoristas a usarem, sempre que possível, as janelas abertas em vez do ar-condicionado.